segunda-feira, 29 de setembro de 2008

O SILÊNCIO DOS INOCENTES (1991)

PONTUAÇÃO: BOM
Título Original: The Silence of the LambsRealização: Jonathan Demme
Principais Actores: Jodie Foster, Anthony Hopkins, Scott Glenn, Ted Levine, Anthony Heald, Kasi Lemmons, Frankie Faison, Brooke Smith, Diane Baker, Charles Napier, Danny Darst


Comentário: Grande realização e montagem, de Demme e de Craig McKay, respectivamente. O olhar directo sobre a câmara é uma opção triunfal. Boas prestações de Jodie Foster e de Hopkins. Magnífico argumento de Ted Tally.

12 comentários:

  1. grande dupla, grande filme.

    Que Anthony Hopkins é um Senhor do cinema já todos sabemos...mas este Hannibal tem tudo de surpreendente, assustador e maravilhoso. Tudo ao mesmo tempo!

    Muito bom filme ;)

    ResponderEliminar
  2. O filme é realmente muito bom. Daqueles que além de impressionar nunca envelhece.
    Anthony Hopkins está perfeito.

    ResponderEliminar
  3. Um dos melhores filmes da década de 90 e um dos melhores suspense psicológicos de todos os tempos.

    Vou linkar você por lá...

    Abraço!!

    ResponderEliminar
  4. Será um dos grandes filmes que ficaram para sempre na história do cinema. Grandes interpretações!
    beijos

    ResponderEliminar
  5. Realmente um filme estrondoso. Anthony Hopkins e Jodie Foster em seu apogeu e uma direção competentíssima de Jonathan Demme (que, infelizmente, foi bastante infeliz em seus projetos posteriores).

    Para resumir: um clássico!

    Mídia? Cultura? Acesse:
    http;//robertoqueiroz.wordpress.com

    ResponderEliminar
  6. Bom filme ;)

    PS: o melhor filme do momento - Para Sempre Talvez

    ResponderEliminar
  7. Epa excelente também não :P
    Para mim a tua nota adequa-se, e sabes aquela sensação de acabarmos o filme e pensarmos que foi um grande filme por isto e por aquilo (e que não tem por onde criticar) mas deixa algo a remoer?!... fiquei até um pouco frustrado, esperava mais sinceramente, não sei bem onde, talvez na realização ou sendo um thriller numa trama mais complexa...

    De qualquer modo é um filme com grandes interpretações, suspense do melhor que já vi e uma dinâmica muito muito cativante, nunca tirei os olhos do ecrã, sempre à espera da próxima cena...

    Dos outros filmes do Hannibal, gostei também do RED DRAGON, o HANNIBAL ficou um pouco aquém do que esperava de Ridley Scott e o HANNIBAL RISING situa-se uns furos abaixo de todos, embora não seja um filme mau, de todo.
    Já agora fica a pergunta inevitável...para breve as críticas e esses?

    abraço

    ResponderEliminar
  8. CLOSE-UP: Não diria um muito bom filme, mas concordo com tudo o que disseste. A química entre Foster e Hopkins é assaz notável, de facto.

    CECILIA BARROSO: Não sei se não envelhecerá ;D

    PEDRO HENRIQUE: Obrigado ;) É de facto um grande filme, mas dou-o por sobrevalorizado.

    ANA S.: Há melhores! Mas sim, grandes interpretações.

    CONTRA-REGRA: Um clássico? Porventura. Dentro do género será com certeza.

    ANÓNIMO: Que filme é esse? Na próxima intervenção agradecia a sua identificação. Obrigado pelo comentário.

    JOÃO BIZARRO: Não. De todo.

    JORGE: Pois, a tua apreciação identifica-se com a minha. Quanto às sequelas ou prequelas não creio que seja necessário fazer-lhes críticas. Poderei vir a tecer algumas breves considerações a respeito delas, mas de facto não tinha isso em mente. O RISING até começa bem, mas depois é o descalabro total. E os outros dois títulos são bons filmes. Nada de extraordinário, mas bons filmes.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  9. Mantenho a minha: é um dos melhores thrillers de sempre.

    ResponderEliminar
  10. JOÃO BIZARRO: E cada um com a sua, pois bem ;)

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  11. Há por aqui algum exagero. Foi um filme original na altura do lançamento, já lá vão quase 20 anos, mas que perdeu muito do impacto ao longo dos anos. Confirmei isso mesmo há dias quando o revi numa belissima cópia em blu-ray. Com o tempo a figura do Dr. Hector tornou-se um tanto ou quanto caricata, muito longe portanto do temor que inspirava no passado. E depois continua a ter a Jodie Foster, um dos meus "ódios de estimação".
    Ainda assim... 3 estrelas em 5

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões