sábado, 14 de agosto de 2010

5 Grandes Bandas Sonoras

Howard Shore, O Senhor dos Anéis

Yann Tiersen, O Fabuloso Destino de Amélie

Nick Cave e Warren Ellis, O Assassínio de Jesse James pelo Cobarde Robert Ford

Ennio Morricone, Cinema Paraíso

Clint Mansell, The Fountain - O Último Capítulo

Partilho convosco 5 das minhas bandas sonoras de eleição.
Quais são as vossas?

22 comentários:

  1. Posso acrescentar a essas fabulosas bandas sonoras a de Atonement, A Single Man, entre outros.

    Abraço
    Cinema as my World

    ResponderEliminar
  2. Trois Couleurs: Bleu - Zbigniew Preisner

    Requiem for a Dream - Clint Mansell

    The Good The Bad And The Ugly - Ennio Morricone

    Cinema Paradiso - Ennio Morricone

    Kill Bill - Gheorghe Zamfir


    E muitas outras que são mais conhecidas...

    ResponderEliminar
  3. Assim de repente, acrescento Pulp Fiction, Million Dollar Hotel (se não conheces, recomendo vivamente a OST), Blade Runner, obviamente a do Senhor dos Anéis e um pequeno guilty pleasure, a de Spy Game.

    Abraço ;)

    ResponderEliminar
  4. Definitivamente, cinco excelentes bandas sonoras.

    Tu já deves ter visto, mas remeto-te para o meu post das minhas 25 bandas sonoras favoritas da década, com exemplos de músicas:

    Parte 2 (http://dialpforpopcorn.blogspot.com/2010/08/revisao-da-decada-melhores-bandas_04.html) e Parte 1 (http://dialpforpopcorn.blogspot.com/2010/08/revisao-da-decada-melhores-bandas.html).


    Abraço,

    Jorge Rodrigues
    http://dialpforpopcorn.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Cinema Paradiso e Once Upon a Time in America do Ennio Morricone

    Gerry do Arvo Pärt

    The Belly of an Architect do Wim Mertens

    Trilogia: To livadi pou dakryzei da Eleni Karaindrou

    ResponderEliminar
  6. NEKAS: Não conheço ainda a de A SINGLE MAN - UM HOMEM SINGULAR, mas a de ATONEMENT - EXPIAÇÃO é de facto magnífica.

    LUÍS SILVA: Ainda não vi a trilogia de Kieslowski, mas todas as outras são bandas sonoras maravilhosas.

    JACKIE BROWN: Também gosto bastante da enigmática banda sonora de BLADE RUNNER. PULP FICTION não assume as minhas preferências. A de LOTR está lá em cima, claro.

    JORGE RODRIGUES: Pelo que me apercebi, temos gostos musicais muito similares, no que a bandas sonoras diz respeito. Todas as bandas sonoras que referi e que são da década 2000 também as referiste nas tuas listas. Sem ser deste novo milénio, que outras bandas sonoras destacarias?

    ÁLVARO MARTINS: Desconheço as últimas duas. Mas identifico-me com as 3 primeiras. Já passei longas horas a ouvir Arvo Pärt.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  7. Se ainda não viu a "Trilogia das Cores" não sabe o que está a perder...

    Veja...já! =D

    ResponderEliminar
  8. Muito boas as escolhas... A de Yann Tiersen (Amélie Poulain) é a par de Pulp Fiction as bandas-sonoras da minha vida... Qualquer filme de Tarantino tem sempre um leque muito bom de música

    ResponderEliminar
  9. As minhas escolhas não são baseadas numa análise e crítica global e nos seus desempenhos enquanto acompanhamento musical para o desenrolar da narrativa. São-no baseadas segundo o meu gosto e, diria, o que me fica no ouvido largos meses, anos até. Daqueles sons que nos acompanham sem nunca nos aborrecer-mos deles.
    Aqui vão:

    Howard Shore - The Lord of the Rings
    Nicola Piovani - La vita è bella
    Javier Navarrete - El laberinto del fauno
    Ennio Morricone - Once Upon a Time in the West
    John Williams - Jurassic Park

    Justifico-me só pelo Jurassic Park. Guilty pleasure. Somente por isso. Aliás o John Williams tem várias assim, tinha de colocar uma aqui. O resto identifico-me bastante, são músicas e composições a que recorro muitas vezes.

    abraço

    ResponderEliminar
  10. Amélie!!! ;)

    Lista de respeito, principalmente por ter o belíssimo trabalho de Morricone em "Cinema Paradiso".

    ResponderEliminar
  11. LUÍS SILVA: Pois, eu sei, tenho que ver. Já ando há uns tempos para vê-la mas ainda não aconteceu...

    JOÃO BASTOS: Já me referi à banda sonora de PULP FICTION... Agora a banda sonora de Tiersen é daquelas para ouvir uma vida. Linda, linda, linda. Que outras bandas sonoras escolherias?

    JORGE: Exceptuando a tua escolha guilty pleasure, são todas verdadeiramente magníficas!

    MAYARA BASTOS: Obrigado ;) São ambas as banda sonoras de uma vida! Que outras escolheria?

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  12. Em relação às tuas...concordo e identifico-me com O Senhor dos Anéis e O Fabuloso Destino de Amélie (e UM LONGO DOMINGO DE NOIVADO?! tb certamente). Quanto a O Assassínio de Jesse James e The Fountain já não me identifico tanto. Ainda assim são boas claro.

    Cinema Paraíso ainda não vi. Acreditas?! :P Tenho de ver essa obra, mesmo, não tem calhado. Ainda bem que lembras.

    abraço

    ResponderEliminar
  13. JORGE: UM LONGO DOMINGO DE NOIVADO também, mas não é tão extraordinária como a banda sonora de O FABULOSO DESTINO DE AMÉLIE.
    De CINEMA PARAÍSO - obra-prima absolutamente obrigatória - é provável que venhas gostar profundamente. Contudo, talvez não te conquiste à primeira visualização. Ou talvez sim. Hmm... Recomendo vivamente.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  14. ENNIO MORRICONE - Indico o nome como "banda sonora" por não me conseguir decidir ente "CINEMA PARADISO" e "ONCE UPON A TIME IN THE WEST"
    E agora já posso acrescentar mais 4 das antigas:
    - THE GRADUATE (Simon & Garfunkel)
    - HAROLD AND MAUDE (Cat Stevens)
    - THE PHANTOM OF PARADISE (Paul Williams)
    - EASY RIDER (Various)

    ResponderEliminar
  15. RATO: Não conheço nenhuma das 4 mais antigas, infelizmente. Nada que não se solucione ;)

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  16. Já foram todas disponibilizadas no meu outro blog (Rato Records).
    Caso tenha interesse nalgum link é só dizer

    ResponderEliminar
  17. Os meus preferidos de sempre:

    Dario Marienelli com o seu sublime "Atonement";

    Gustavo Santaolalla com o profundo "Brokeback Mountain";

    Nino Rota no belíssimo "Amarcord";

    Shigeru Umebayashi em qualquer uma das suas composições (2046, Disponível para Amar, Um Homem Singular...);

    Zbigniew Preisner na estrondosa trilogia das cores... digo-te, os três filmes não seriam o que seriam sem a sua música. É um espanto.

    Nota especial, outsider, para Thomas Newman, de que gosto imenso, e para a banda sonora (estranhíssima, mas hipnotizante) de "Gerry".

    O Elfman, Williams, Manssel ficam assim um pouco esquecidos... apesar de apreciar bastante as suas composições. Este último especialmente pela que referiste (The Fountain), mas por eternizar aquele tema principal do Requiem. ;)

    ResponderEliminar
  18. RATO: Ok, muito obrigado ;)

    FLÁVIO GONÇALVES: Adorei as tuas escolhas, muitas delas oiço-as vezes sem conta. Destacaria Mansell, Shigeru Umebayashi e Santaoalla, mas são todos muito bons.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  19. Impossível fazer este top :p Mas vou tentar ...

    La Dolce Vita (Nino Rota), The Godfather (Nino Rota), Requiem for a Dream (Clint Mansell), The Lord of the Rings (Howard Shore), Pulp Fiction ...

    Há uma que também gostava de referir, já que muito dificilmente aparecerá nestas listas, parece-me, a dos Tacones Lejanos, do Almodóvar.

    ResponderEliminar
  20. DIOGO F: Por acaso não sou especial fã dessas bandas sonoras de Nino Rota. Mansell e Shore constam também na minha lista. Grandes nomes.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  21. Quero apenas deixar uma referência a uma banda sonora genial que me parece que ainda não foi mencionado:

    Ennio Morricone - The Mission

    ResponderEliminar
  22. EMANUEL NETO: Tens toda a razão, é uma grande banda sonora. O primeiro contacto que tive com ela foi com a Rádio Renascença, quando pertencia ao genérico de um programa.

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD – A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões