sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Os Meus 10 Realizadores de Eleição (11)

Catarina Norte, autora do blogue A Vida em Cenas, aceitou o convite do CINEROAD - A Estrada do Cinema para partilhar connosco o seu leque de realizadores preferidos:

Tim Burton
Peter Jackson
Quentin Tarantino
Martin Scorsese
Steven Spielberg
Clint Eastwood
Alejandro González Iñárritu
Stanley Kubrick
Pedro Almodóvar
Woody Allen

Um muito obrigado, Catarina Norte.

15 comentários:

  1. Os melhores 10 realizadores?
    Essa é capaz de ser mais fácil e pelo menos mais constante ao longo do tempo. Ora aqui vai:
    - CHARLES CHAPLIN
    - LUIS BUÑUEL
    - LUCHINO VISCONTI
    - INGMAR BERGMAN
    - ALFRED HITCHCOCK
    - FRANÇOIS TRUFFAUT
    - DAVID LEAN
    - SERGIO LEONE
    - STANLEY KUBRICK
    - CLINT EASTWOOD
    Um destaque especial para o Clint Eastwood, único sobrevivente desta lista e que os anos se encarregaram de juntar aos melhores.
    Se esta escolha fosse feita aqui há uns vinte anos atrás, talvez que este último posto fosse ocupado por um Coppola, um Polanski ou um Scorsese. Mas qualquer deles decaiu bastante, ao passo que o Eastwood soube manter a pedalada.
    Actualmente, e como devem saber, já não existem grandes realizadores, apenas alguns habilidosos com mais ou menos jeito.

    ResponderEliminar
  2. Boas escolhas e que vão de encontro às minhas. Especialmente Martin Scorsese, Quentin Tarantino, Clint Eastwood, Alejandro González Iñárritu, Woody Allen e Pedro Almodóvar.

    ResponderEliminar
  3. RATO: Boa! Lançou-se ao desafio ;) Grandes escolhas, grande lista. Clint Eastwood tem filmes muito bons, ele é o mestre, mas ainda assim será, porventura, o mais inferior da lista (só desconheço ainda completamente Buñuel). Scorsese seria, na minha opinião, superior, não creio que esteja a perder "a pedalada".
    A sua última frase (blasfémia!) é, na minha opinião, incompreensível. Scorsese, P.T. Anderson, Aronofsky, von Trier, Jeunet, Todd Haynes... tantos.

    TIAGO RAMOS: Uma lista de grandes nomes. Só Peter Jackson (responsável pela genial trilogia d'O SENHOR DOS ANÉIS) é o mais instável. Woody Allen também o é, mas nem tanto (e nesse caso a conversa é outra).

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  4. Hmm, não sei até que ponto será mais fácil dizer os meus 10 realizadores preferidos. Se da actualidade já me custa, quanto mais de sempre.

    E gosto deste projecto e das ideias da Catarina (e das tuas e dos outros convidados, também) e provavelmente partilhamos muitos favoritos. Estou a tentar fazer algo semelhante mas vou integrar os realizadores no projecto maior que estou a fazer no blog, das "Pessoas da Década".

    Bem, neste momento, os meus cinco favoritos do presente são Pedro Almodovar, Paul Thomas Anderson, Quentin Tarantino, Ang Lee e Lars von Trier.

    Se fôssemos a falar para sempre... Mankiewicz, Kubrick, Hitchcock, Bergman, Wyler, Scorcese, Demme, Fellini, Haneke, Malick, Coppola, Fosse, Kurosawa, Nichols, Altman, Bogdanovich, Capra, Allen, Cukor, Spielberg são logo nomes que me vêm à cabeça mas reduzi-los a dez... tinha que pensar nisso algum tempo.


    P.S. - Acho que me excedi na resposta aos outros dois posts onde tinhas comentado o que disse, mas era para me explicar o melhor possível :D Espero que tenhas entendido a minha opinião ;)


    Abraço,

    Jorge Rodrigues
    http://dialpforpopcorn.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. "Blasfémia", caro Roberto?
    Olhe que não, por mais que custe encarar a realidade a época de ouro do cinema já acabou há muito. Hoje em dia, em que a indústria venceu claramente a arte, poderá haver bons realizadores, o que não há são "grandes" realizadores, como eu tive o cuidado de expressar no meu post anterior. Mas isso não preciso ser eu a dizer-lhe, qualquer Tarantino lhe diz. E eu também gosto muito do Quentin Tarantino, note-se, e de alguns (poucos) outros nomes da actualidade. Não podemos é misturar "alhos com bogalhos".
    P.S.: Desconhecer completamente Buñuel é que é capaz de ser a suprema "blasfémia"...

    ResponderEliminar
  6. JORGE RODRIGUES: Esses cinco que escolheste são magníficos realizadores, talvez só Almodóvar seja o menor deles (sendo que não é, de todo, um realizador menor).
    Quanto aos restantes nomes (e porque a lista não se resigna a realizadores actuais) são muitos deles geniais (muitos deles creio que ainda não tinham sido mencionados nas listas como Mankiewicz, Fosse ou Cukor).
    Quanto ao teu P.S., claro que não te excedeste. Mas já discutimos isso.

    RATO: Não conheço Buñuel não é nenhuma blasfémia, cada um tem a sua estrada, não é verdade? Hei-de lá chegar.
    Quanto à sua visão histórica sobre o cinema, não a partilho minimamente.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  7. Boas escolhas. Identifico-me com Peter Jackson, Quentin Tarantino, Clint Eastwood e Alejandro González Iñárritu. Steven Spielberg, Martin Scorsese, Tim Burton e Woody Allen tem dias :P

    Quanto a Stanley Kubrick não posso dizer que me identifico, depois das obras que já vi dele recentemente, ainda assim possui obras de grande valor que gosto e outras que não aprecio tanto. Mas é inegável, reconheço-lhe o valor em todas e a sua singularidade também é evidente. Como realizador me parece que se destaca sempre. Um verdadeiro artesão. Talvez a minha posição actual se deva ao estranhamento inicial tantas vezes falado...talvez :P

    abraço

    ResponderEliminar
  8. Escolhas muito parecidas com as minhas e,aliás, adoro todos estes realizadores.

    Abraço
    Cinema as my World

    ResponderEliminar
  9. JORGE: Pois, já tivemos oportunidade de falar desse "estranhamento" nas várias fichas dos filmes dele. Ainda me hás-de dizer o quanto adoras as obras de Kubrick! ;D

    NEKAS: Sem dúvida, sem dúvida!

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  10. Ora essa, eu é que agradeço o teu convite e a oportunidade de partilhar neste teu grande espaço um pouco dos meus gostos!

    Ainda foi difícil seleccionar 10 nomes e ainda tenho muito para descobrir...mas estes são os realizadores que actualmente melhor reflectem as minhas paixões e os meus estilos preferidos!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  11. CATARINA NORTE: Obrigado eu, até à próxima! ;) Foi um prazer contar com a tua participação.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  12. É sempre difícil, já tinha dito isso nas escolhas do Flávio. Mas, claro está, excelente lista.

    (fora o facto de eu ter particular aversão a quase tudo do Tim Burton. Adorei o Eduardo, mas de resto ... )

    ResponderEliminar
  13. CATARINA NORTE: Obrigado eu, até à próxima! ;) Foi um prazer contar com a tua participação.

    DIOGO F: Por acaso também não sou especial fã de Tim Burton, ao contrário de tantos cinéfilos. Gostei bastante de SWEENEY TODD.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  14. Pois...consigo perceber que Tim Burton seja mais difícil de gostar...afinal ele tem e cria um mundo muito próprio. Contudo, para mim, esse seu universo gótico, negro e satírico encanta-me e fascina-me! Aliás, posso acrescentar que foi uma das principais influências para a criação do meu blog (como os que o visitam já podem ter reparado)!
    Entretanto, em relação ao Peter Jackson: o senhor transpôs "O Senhor dos Anéis" para a tela...que mais posso dizer?

    Mas estas escolhas são algo de tão pessoal e subjectivo que é inevitável que surjam diferenças...e claro, ainda bem que estas existem! ;)

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  15. CATARINA NORTE: Compreendo o encanto e fascínio para com TIM BURTON, ainda que não os partilhe com o mesmo entusiasmo.
    Quanto a Peter Jackson, sem dúvida: ele fez O SENHOR DOS ANÉIS. E está tudo dito.

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD – A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões