sexta-feira, 4 de junho de 2010

3 Grandes Obras Subvalorizadas (1)

Começa aqui uma nova iniciativa do CINEROAD.
3 Convidados Especiais dão a conhecer aquelas que são para eles 3 Grandes Obras Subvalorizadas da Década 2000.

| Carlos Gandra, Camelo, Leão e Criança
Werckmeister Harmóniák (2000), de Bela Tarr
Notre Musique (2004), de Jean-Luc Godard
Last Days (2005), de Gus Van Sant

| Pedro Pereira, Por Um Punhado de Euros
One Point O (2004), de Jeff Renfroe e Marteinn Thorsson
The Machinist (2004), de Brad Anderson
800 Balas (2002), de Álex de la Iglesia

| Tiago Ramos, Split Screen
Blindness (2008), de Fernando Meirelles
Revolutionary Road (2008), de Sam Mendes
Caos Calmo (2008), de Antonello Grimaldi

19 comentários:

  1. Eiiiiiiiiiiii, nunca mais me lembrei de te enviar as minhas escolhas.
    Vou tratar disso agora mesmo :D

    Quanto às obras referidas, não vi grande parte delas, infelizmente.
    Embora guarde curiosidade em relação a, entre outros, O Maquinista.

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Adorei essa iniciativa, cara... Gostaria muito de participar... :)Um dos meus diretores preferidos é Gus Van Sant e "Last Days" é espetacular! Ei, como faço para seguir seu blog?! rsrs... Abração!

    ResponderEliminar
  3. JACKIE BROWN: São recomendações bastante boas, já fui pesquisar acerca do filme de Godard e do de Tarr - sem dúvida as escolhas que mais me intrigaram. O MAQUINISTA é um bom filme, está à venda no mercado a um preço acessível, creio. Podia ser que viesses a gostar - mas duvido.

    GUTO NASCIMENTO: Obrigado ;) Quem sabe um dia. Gus Van Sant também é um dos meus realizadores preferidos. LAST DAYS é sem dúvida sublime.

    Para seguir meu blogue basta dirigir-se ao PAINEL do blogger e, na parte em que diz "Blogues que estou a seguir" clicar no botão azul ADICIONAR. Coloca o url http://cineroad.blogspot.com/ na janela que aparece e clica em SEGUINTE. Depois basta escolher a opção de seguimento e clicar em SEGUIR.

    Qualquer dúvida entre em contacto.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  4. São de facto escolhas muito interessantes e algumas bem curiosas que nem sequer conheço.
    E de todas, só vi, The Machinist, Blindness e Revolutionary Road; aliás estas fazem parte também da minha lista de obras subvalorizadas, embora acho que existem outras mais flagrantes ou injustas...

    abraço

    ResponderEliminar
  5. Excelente iniciativa essa das obras underrated. Já vi quase todas as que foram escolhidas e fico feliz por não ser o único a adorar " O Maquinista ".

    ResponderEliminar
  6. Ui, até me sinto mal, não conheço mais de metade dos que estão aqui...:(

    ResponderEliminar
  7. Obrigado a todos pelos comentários!

    JORGE: O MAQUINISTA é de facto um filme notável.

    GUSTAVO H.R.: Por acaso não creio que seja assim tão subvalorizado.

    PEREIRA: Obrigado ;) Como disse ao Jorge, estou de acordo. O MAQUINISTA é um filme incrível.

    CLÁUDIA GAMEIRO: Também ainda não conheço vários deles, mas é sobretudo para recomendar grandes filmes que estas iniciativas servem. Para que se fale deles e para que os descubramos.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  8. Não vi todas as obras aqui mencionadas, mas não posso deixar de concordar com todas as escolhas feitas pelo Tiago Ramos (principalmente o Revolutionary Road...)

    Bela iniciativa (mais uma ;)...)!

    Cumps***

    ResponderEliminar
  9. Ainda bem que concordam com o Last Days. Escolhi porque foi importante para mim e li imensas críticas negativas, mesmo entre apreciadores de Gus Van Sant. É quase considerado uma obra menor à beira de Elephant, Gerry e Paranoid Park e não vejo razão para isso. É de grande beleza.

    O do Bela Tarr foi não por ser subvalorizado no sentido mais comum, mas por ser muito um cineasta de "nicho".

    O Notre Musique foi para acabar com a ideia parva de que Godard só fez bom cinema nos 60's. Há muitas belíssimas obras de arte de Godard pós-Nouvelle Vague. Este Notre Musique, o Éloge de l'amour e o polémico 'Je Vous Salue, Marie", por exemplo.

    ResponderEliminar
  10. BLACKBERRY: Obrigado ;) Também gostei bastante de REVOLUTIONARY ROAD. Aliás, Sam Mendes é um realizador tão estável a nível da sua qualidade, obra após obra, que não há como não apontar o seu exemplo como verdadeiramente notável.

    BACK ROOM: Bem, quanto a Godard já me comprometi para breve. Quanto a LAST DAYS estou inteiramente de acordo contigo. Também não percebo porque o põem tão abaixo de obras como GERRY ou ELEPHANT. É uma obra sublime.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  11. Antes de mais, parabéns pela grande criatividade desta iniciativa!

    Abraço
    Cinema as my World

    ResponderEliminar
  12. Fazes bem em comprometer-te com o Notre Musique. Até porque é um filme muito curto, não custa nada.

    É um estudo sobre o homem e o mundo, sobre a guerra. É fácil considerar pretensioso, não agradará a todos, mas é uma grande experiência.

    ResponderEliminar
  13. Concordo totalmente que "Últimos Dias", "O Operário", "Ensaio Sobre a Cegueira" e "Foi Apenas um Sonho" são subestimados. Grandes filmes!

    ResponderEliminar
  14. Bem, obrigado àqueles que reconhecem as minhas escolhas como grandes obras subvalorizadas. Das outras escolhas, reconheço especialmente a de Last Days, de Gus Van Sant. Os restantes permanecem como referências futuras!

    ResponderEliminar
  15. Eu próprio me vejo a reconsiderar a posição que tinha relativamente ao Last Days. Continuo a achar o Elephant o melhor de todos, seguido do Gerry. Falo de Gus Van Sant, claro.
    Quanto aos restantes, concordo com alguns..

    ResponderEliminar
  16. Penso que Revolutionary Road nem Caos Calmo (que é mesmo decepcionante) não são subvalorizados, e Last Days é uma fita que eu próprio julgo como menor. Ensaio Sobre a Cegueira e O Maquinista são obras cujo valor não é muito reconhecido.

    Abraço

    ResponderEliminar
  17. NEKAS: Muito obrigado ;) O que achas das escolhas dos nossos convidados?

    BACK ROOM: Curiosamente vou começar a descobrir Godard em breve, e logo pelos anos 60.

    WALLY: Só não concordo que REVOLUTIONARY ROAD seja substimado. E quando a BLINDNESS ainda não o vi.

    TIAGO RAMOS: Como "referências futuras", dizes bem. Esta iniciativa vai-me dar muito a descobrir ;)

    FLÁVIO GONÇALVES: Fazes bem em reconsiderar em relação ao LAST DAYS, é um filme tão bom!

    MARCELO PEREIRA: Devias rever com outros olhos essa obra sublime que é LAST DAYS! ;)

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  18. Belos destaques surgiram por aqui. Last Days, O Maquinista e o Blindness... foram obras realmente muito subvalorizadas e são filmes que gosto muito mesmo.

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões