domingo, 14 de março de 2010

DÚVIDA (2008)

PONTUAÇÃO: BOM

Título Original: Doubt
Realização: John Patrick Shanley
Principais Actores: Meryl Streep, Philip Seymour Hoffman, Amy Adams, Viola Davis


+
- Nota-se que John Patrick Shanley é um homem do teatro:
extraordinárias encenação e direcção de actores.
- O assombroso e gélido desempenho de Meryl Streep.
- Philip Seymour Hoffman e Viola Davis sobretudo, mas também Amy Adams em papéis absolutamente bem conseguidos.
- O subtil e contido argumento e o seu condão de colocar qualquer espectador perante a ambiguidade e a pertinência da dúvida. A metáfora da almofada de penas resulta de forma sublime.

-- O facto de não saber mais a cinema.

6 comentários:

  1. Estrondosamente teatral, é verdade. Tal como Frost/Nixon tem mais a ganhar num palco que no cinema. Mas gostei bastante, principalmente pelos assombrosos desempenhos que sustentam todo o filme!

    ResponderEliminar
  2. Ainda não assisti, mas logo logo pretendo vê-lo. Dúvida é um daqueles filmes que só funcionam com grandes atuações. Pelo elenco e pelo o que já li a respeito do filme, as atuações parecem bem eficientes.

    Abraço.
    Cinema para Desocupados

    ResponderEliminar
  3. Dúvida figura na minha lista de favoritos do ano de 2008, e considero-o um ensaio humano estrondoso. Concordo com o ponto negativo, mas não vejo como muito significativo.

    Abraço

    ResponderEliminar
  4. TIAGO RAMOS: Sim, estou de acordo. Aquela Meryl Streep não pára de surpreender! Kate Winslet? Na minha opinião, a prestação de Streep suplanta qualquer uma das performances de Winslet em 2008!

    MATEUS, O INDOLENTE: Recomendo vivamente. É um bom filme, magnificamente interpretado.

    JACKSON: Eu não o considero tão estrondoso assim. Mas é de facto um bom filme. Quanto ao ponto negativo, também não o vejo como muito significativo. Mas é porventura e aos meus olhos o factor "menos" que mais se destaca.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  5. Ui, isso para mim já é tocar numa ferida. Melhor que o da Kate Winslet em Revolutionary Road para mim não é... :P

    ResponderEliminar
  6. TIAGO RAMOS: Eu sei ;) Mas para mim é, seguramente.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões