segunda-feira, 15 de março de 2010

ALADDIN (1992)

PONTUAÇÃO: MUITO BOM
Título Original: Aladdin
Realização: Ron Clements, John Musker


Filme de Animação

Crítica:

A MAGIA DAS ARÁBIAS

Sometimes you feel so... trapped.

Aladdin esvoaça - com magia e encanto - de um dos mais famosos contos d'As Mil e Uma Noites e, a partir dele, revisita o folclore tradicional das arábias, em todas as suas quentes e vivas cores (azul, roxo, vermelho), quase que recuperando os cheiros daquelas ruas e desertos. Na forma de um musical de aventuras e desventuras, enérgico e possante, divertido e hilariante, e eternamente romântico, somos conduzidos à história de Aladdin, o plebeu ladrãozeco, que sonha um dia passear pelos jardins do palácio e sentir os prazeres de uma vida de luxo. Faz-se acompanhar pelo macaquinho Abu, seu parceiro inseparável na vida... e no furto. No interior de cúpulas e colossais abóbadas, vive a belíssima princesa Jasmine, atormentada pela obrigação de um futuro casamento - por conveniência. Afaga os seus suspiros, diariamente e sem cessar, no reconforto caloroso de Rajá, o seu tigre confidente. Embora tão diferentes, tanto Aladdin como Jasmine são prisioneiros da sua condição. Um dia, Aladdin e Jasmine cruzar-se-ão. Do you trust me? Yes. E apaixonar-se-ão. E a lei do verdadeiro amor vingará sobre qualquer lei de conveniência.

Jafar é o conselheiro do Sultão. E Iago, papagaio zangão, é o seu ombro. Feiticeiro demoníaco e sinistro, Jafar tem como ambição destronar o pai de Jasmine e impôr a sua malvadez no reino. Para atingir tais fins, serve-se de Aladdin, o de bom coração, para que este entre na amaldiçoada Caverna das Maravilhas e lhe traga a lendária Lâmpada dos Desejos. Mas o destino de Aladdin está traçado. Ao conhecer o azul, excêntrico e zombeteiro Génio da Lâmpada (igualmente hiperactivo, parodista de mil caras e sonhador da liberdade), o rapaz torna-se sua realeza o Príncipe Ali. Virá o dia em que o embuste cairá e a verdade virá ao de cima, mas até lá a farsa aproximá-lo-á do palácio e afrontará directamente os planos perversos de Jafar.

A inspirada realização sem limites, o apurado desenho e respectiva pintura, assim como a tão envolvente quanto arrebatadora banda sonora de Alan Menken (não esqueçamos o fascínio incrível das suas canções) inscrevem Aladdin, sem margem para dúvidas, entre os grandes e mais espectaculares clássicos Disney. Eis, pois, um diamante em bruto. Absolutamente imperdível.

20 comentários:

  1. Sem dúvida um dos melhores clássicos disney. Dou-lhe as 4 esttrelas sem problemas, pelo que adivinho que darás o MUITO BOM.

    Abraço ;)

    ResponderEliminar
  2. JACKIE BROWN: Sim, sem dúvida. Recheado de cenas memoráveis.
    Quanto à classificação, comprovam-se os teus poderes adivinhatórios.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD – A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  3. Um dos meus preferidos da Disney: a história, a animação, a música, tudo faz deste filme um clássico absoluto. E a voz de Robin Williams faz do Génio uma das personagens mais hilariantes que alguma vez apareceram num filme de animação.

    ResponderEliminar
  4. Também o adquiri com a sua reedição em DVD e já o revi. É um grande clássico, mas um tanto ou quanto sobrevalorizado.

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. NOCAS82: Estou de acordo contigo em tudo. Tem graça que, aquando da primeira vez, havia assistido ao filme mas na versão dobrada e sempre associei a personagem com o actor. Não era por acaso, vim a confirmar depois ;D

    JACKSON: A reedição foi uma boa surpresa ;) Não estou de acordo que seja sobrevalorizado.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  6. Gostei da analogia: diamante em bruto.

    A banda-sonora é fenomenal.

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. JACKIE BROWN: Ah ;) Eu gosto quando chegam lá! ;p

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  8. O quê? Foi relançado no mercado? Não sabia de nada...
    Como é a aedição, vale a pena?

    Abraço!

    ResponderEliminar
  9. JACKIE BROWN: Foi, sim. Há poucos dias. É a mesma edição de 2 discos, bem recheados de extras. Vale muito a pena, sim.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  10. Muito bom! Um dos meus favoritos! Acho que o personagem que todo mundo ama é o Gênio, assim como eu, mas eu também gosto do Jafar (sempre gostei de vilões).

    ResponderEliminar
  11. Um dos meus filmes favoritos durante a infância e do qual continuo a adorar.

    Leva sem problemas um 8/10.

    Abraço

    ResponderEliminar
  12. FELIPE GUIMARÃES: O universo de personagens deste ALADDIN é tão rico que é difícil dizer qual é a minha personagem favorita, para lhe dizer a verdade! ;) Sem dúvida, muito bom!

    ALEX SUPERTRAMP: De acordo. É um clássico absoluto!

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  13. Clássico mesmo! E quando revejo estes filmes, mais digo que tive uma belíssima infância.

    Beijos! ;)

    ResponderEliminar
  14. Lembro-me vagamente deste filme, pois vi-o há imenso tempo. No entanto, gostei.Aliás, tinha o jogo para a Mega Drive, e foi um dos que m ais joguei. Terei que tentar arranjá-lo e dar uma nova olhadela.

    Nos próximos tempos, da Disney, irei ver o Sleeping Beauty. Gosto bastante dos clássicos Disney.

    ResponderEliminar
  15. MAYARA BASTOS: Também eu a tive, mesmo sem ter a noção de que assistia a maravilhosas obras de arte!

    RICARDO VIEIRA: Bem, a Mega Drive... Também és dessa escola! ;D Também verei A BELA E O MONSTRO: um dia destes, quando for lançado o DVD. Quanto a este ALADDIN, recomendo vivamente. É um clássico fabuloso e espectacular.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  16. É dos meus favoritos da Disney, quando saiu acho que vi tudo quanto era reportagem sobre ele. A banda-sonora é fantástica, tanto em inglês como a versão em português, gosto de assinalar. Não diria sobrevalorizado, diria até um tanto esquecido no meio de tanta animação que sai actualmente.

    ResponderEliminar
  17. CLÁUDIA GAMEIRO: Sim, tendo a concordar contigo. Também é dos meus favoritos. É magnífico! Espectacular.

    JOÃO BASTOS: Ai sim? ;) Bom filme então!

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  18. Um grande fime de animação sem dúvida...em suma um espectáculo visual, uma dinâmica contagiante, uma história mirabolante, uma banda sonora intemporal, personagens inesquecíveis num clássico da disney e do cinema a não perder!
    De todos os clássicos disney que vi (e ainda me faltam alguns, principalmente os mais antigos...) este foi dos que gostei mais, a par de A PEQUENA SEREIA, A BELA E O MONSTRO e claro do magistral REI LEÃO...a propósito quando é que te propões a fazer uma crítica a este Rei Leão?! de certo merecerá, sendo que é o meu filme de animação preferido e um dos filmes que me impulsionou a gostar de cinema.

    abraço

    ResponderEliminar
  19. JORGE: É deveras contagiante, este ALLADIN ;) Farei, com certeza, a crítica a'O REI LEÃO. Aguardo que saia o DVD; o que não quer dizer que, em breve e porventura, não possa escrevê-la.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões