quinta-feira, 1 de julho de 2010

3 Grandes Obras Subvalorizadas (4)

3 Convidados Especiais dão a conhecer aquelas que são para eles 3 Grandes Obras Subvalorizadas da Década 2000.

| Filipe Ferraz Coutinho, Cinema is my LifeThe Weather Man (2005), de Gore Verbinski
Black Book (2006), de Paul Verhoven
Nine (2009), de Rob Marshall

| Gustavo H. Razera, Cine CápsulasUnbreakable (2000), de M. Night Shyamalan
Femme Fatale (2002), de Brian De Palma
Knowing (2009), de Alex Proyas

| Armindo Paulo Ferreira, Ecos ImprevistosDaredevil - Director's Cut (2003), de Mark Steven Johnson
Night Watch: Nochnoi Dozor (2004), de Timur Bekmambetov
Speed Racer (2008), dos irmãos Wachowski

22 comentários:

  1. Das do Filipe, não vi nenhum. Mas esse Nine... merece o visionamento.

    Da segunda série, Unbreakable é efectivamente uma excelente proposta. Não sei se será subvalorizado. Talvez um pouco. Mas não é uma grande, grande obra. Um bom filme.

    Da terceira série (que contèm um erro, o ArmPauloFerreira não é o autor do blogue que anuncias), vi o Daredevil é de facto... mau xD

    Abraço ;)

    ResponderEliminar
  2. olá roberto
    você me concede colocar o seu blog na página do meu blog? Gostei muito do seu blog.

    abraço

    obs.: concordo com as opiniões, tudo bem que não os considero como obras, mas são filmes bons, com exceção de O Demolidor, esse é para mim um dos piores filmes que já vi. Gosto muito de Corpo Fechado.

    ResponderEliminar
  3. JACKIE BROWN: Também não vi nenhum dos filmes do Filipe, mas gostaria de ver NINE mais para conferir as críticas que li sobre ele.
    Da segunda série destaco também o UNBREAKABLE - O PROTEGIDO, mas permite-me discordar. Considero-o uma grande obra, um grande filme.
    Quanto à terceira série tens razão, foi lapso meu, já está corrigido. Peço desculpa ao Armindo e aos leitores. Também não gosto nada desse filme da Marvel. Aliás, como quase todos do grupo.

    VOLVER UM FILME: Concedo sim. Bem-vindo ao CINEROAD e ainda bem que gostou. Também gosto muito de CORPO FECHADO ou O PROTEGIDO e também não gosto de O DEMOLIDOR.

    CARLOS NATÁLIO: Lol.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  4. O Unbreakable é um grande filme! Dos do Filipe, só vi 9 e não desgostei, mas não acho grande filme. Knowing também acho subvalorizado. O Daredevil não me enche as medidas.

    ResponderEliminar
  5. Femme Fatale entra nas minhas escolhas. É um filmaço e é um dos mal amados da filmografia do Brian de Palma.

    ResponderEliminar
  6. Ora bem, em jeito de justificação das minhas escolhas:

    DareDevil - Director's Cut (2003) - Mark Steven Johnson

    Ben Affleck foi uma fraca escolha para o papel de
    herói, mas o tom escolhido para o filme foi acertado.
    Como já se pode perceber pelos comentários que já surgiram aqui, vêm nele um mau filme mas esta segunda versão parece-me até mesmo um dos melhores filmes Marvel.

    Na versão original é mesmo questionável mas redimiu-se bastante com a versão Director's Cut posterior onde surge narrativamente mais completo (tem mais 30m valiosos), mais complexo, mais negro, violento e onde se percebem melhor as motivações deste muito especial herói Marvel (a infância, o pai e até porque se tornou o DareDevil, a compaixão pelo que acontece nas ruas de onde habita). O apuramento do nível de visual e a abordagem aos ambientes negros, vejo nele objectivos semelhantes ao que viria a ser anos depois o (melhor sucedido) "Batman Begins".

    Com esta revisão o realizador revelou ter mais razão com a sua versão pessoal mais negra e violenta (distingue-se logo por aí no inicio) e com mais foco no herói e na sua luta interna, onde até se dá a perceber que os seus super-sentidos não são nenhuma benção e, bem pelo contrário, um problema por não "desligarem".

    (continua a seguir)

    ResponderEliminar
  7. (cont)
    Quem conhece da BD clássica notará que existe agora várias ligações ao período Frank Miller, uma das melhores fases do Demolidor. Até a Elektra já não surge neste filme como uma personagem quase principal (nota-se na versão original) mas como alguém que se cruza no caminho do Homem Sem Medo, funcionando mais como secundária perante toda esta história bem aprofundada sobre o Demolidor. Tem 133 min mas é tão mais cativante que torna os curtos 103 min da versão original até penosos de seguir.

    Quanto ao realizador... nada de especial a dizer mas apenas que viria a estragar tudo com outro herói Marvel, o "Ghost Rider"...



    Night Watch: Nochnoi Dozor (2004) - Timur Bekmambetov

    Primeira parte de uma trilogia, de ambientes fantásticos, visualmente
    estimulante e que tem dividido muitos críticos. Uns acham-no mau
    outros um grande obra impressionante. Eu adoro-o desde que vi o
    trailer... A segunda parte não surgiu tão boa mas...



    Speed Racer (2008) - The Wachowski Brothers

    Visualmente massivo, estonteante, hiper-colorido e único. Os manos
    Wachovsky (os mesmos de Matrix) conseguem fazer aqui um novo ponto
    zero de estilo visual. Incompreendido pela critica por não
    interiorizarem a estética da animação que o origina (o anime
    clássico). Revi-o vezes e vezes sem conta!

    ResponderEliminar
  8. As minhas escolhas incidem em filmes menos agraciados pelo hype.

    Dos outros convidados deste artigo concordo com todas as obras referidas. Certeiros!

    Apesar de o "Unbreakable" não ser uma obra tão subvalorizada assim... pois é normal sobre ele se ver toda a critica a o referenciar como o melhor filme de Shyamalan. E eu digo-o igualmente: é mesmo irrepreensível o "Unbreakable"! Portanto, é um dos muito bem valorizados filmes de Shyamalan.

    Aproveito par referir que o "Femme Fatale" é espantoso e ainda um dos filmes bons, mas de risco, de um realizador que admirava imenso na altura (e ainda admiro, claro). Aliás, se estivesse assinado De Palma não perdia mesmo. Hoje ainda é igual...

    ResponderEliminar
  9. The Weather Man gostei, acho um bom filme dentro do que é possível no circuito mainstream ameicano, o resto....sem comentários!

    ResponderEliminar
  10. Armindo: assim que vi Daredevil na lista pensei logo que fosse o Directors Cut, que ainda não vi, mas de que tenho ouvido falar muito bem. Porque a versão para cinema, bem... quase ao "nível" de Elektra e Wolverine, digo eu :-)

    ResponderEliminar
  11. Filipe: o Black Book de Verhoven está na minha lista de filmes-para-ver-num-futuro-imediato;

    Gustavo: Unbreakable é sem dúvida uma obra prima, fiquei com vontade de rever

    ResponderEliminar
  12. RICARDO VIEIRA: Subscrevo-te em tudo, excepto no que se refere ao KNOWING - SINAIS DO FUTURO, que não é nada de mais.

    JOÃO GONÇALVES: Não conhecia.

    ARM PAULO FERREIRA: Obrigado pela completa justificação das tuas escolhas e obrigado por teres aceite o convite. Também acho O PROTEGIDO um grande filme e o de Brian De Palma não conhecia. Quanto às tuas escolhas, não vi o NIGHT WATCH. DAREDEVIL, considero-o um filme detestável. E SPEED RACER considero um filme razoável.

    ÁLVARO MARTINS: Não conheço também.

    CINE31: Não considero o filme de Shyamalan uma obra-prima, mas lá que é magistral, isso é!

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  13. A maioria não vi, mas julgo que o Nine e o Daredevil têm o exacto reconhecimento que merecem...

    ResponderEliminar
  14. Confesso que não gosto de nenhuma das obras citadas, com exceção de Unbreakable - que, para mim, é ótimo, mas não subvalorizado.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  15. Não posso dizer que são filmes excepcionais, mas claramente filmes que valem mais do que se diz. E refiro-me especificamente a três: Nine, Unbreakable e Knowing.

    ResponderEliminar
  16. Quase todos os filmes dessas listas merecem o visionamento exceptuando, a meu ver, Speed Racer. Por outro lado, Daredevil Director's Cut? Uau, não sabia da sua existência e mal que possa vou-lhe dar uma olhadela até porque a versão de tv não é lá grande coisa e eu até posso falar porque li a BD.


    Abraço
    Cinema as my World

    ResponderEliminar
  17. Há um só filme subvalorizado em toda essa lista (dos que vi, obviamente): Black Book.

    ResponderEliminar
  18. UNBREAKABLE é valorizado, de facto, dentro de um nicho específico. Não estou a considerar pequenos grupos quando penso no termo sobre ou supervalorizado. Portanto, penso que minha escolha faz todo o sentido.

    ResponderEliminar
  19. CLÁUDIA GAMEIRO: Não vi o NINE. E afinal o Armindo refere-se à Director's Cut de DAREDEVIL... que também não vi...

    MATEUS SOUZA: Quanto mim é claramente subvalorizado.

    TIAGO RAMOS: Quanto a UNBREAKABLE - O PROTEGIDO, sem dúvida. NINE não vi e KNOWING acho-o nada mais nada menos do que razoável.

    NEKAS: Eu não vi quase nenhum dos filmes das três listas e pessoalmente não me parece que valham assim tanto a pena. Quem sabe.

    FLÁVIO GONÇALVES: Não conheço.

    GUSTAVO: Dou-lhe razão, Gustavo, e penso que esse argumento é que faz sentido. De facto, O PROTEGIDO, como quase todos os filmes do Shyamalan, só é apreciado dentro de um circuito muito restrito de espectadores. No geral, são sempre denegridos tanto pela crítica como pelo público em geral. Por isso penso que faz todo o sentido constar nesta lista, a sua escolha.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  20. Das primeiras escolhas só vi The Weather Man e já foi há um tempo, não conseguindo por isso opinar devidamente sobre...mas sim de facto não se houve falar muito a respeito, independente do seu valor ou não!
    Tenho curiosidade quanto a Nine.

    Das segundas escolhas identifico-me com Unbreakable, pois não sendo de todo do melhor que o realizador nos trouxe, é um filme interessante que merece sem dúvida destaque.
    Femme Fatale ainda não vi, e quanto a Knowing partilho um pouco do entusiasmo particularmente pelo início do filme, porque de facto o filme lá para o meio até ao final desmorona-se por completo...sendo assim não me parece que seja, por esses motivos, subvalorizado.

    Do último conjunto de escolhas apenas vi Daredevil, que não me agradou em especial...do Director's Cut nem fazia ideia que existia, a conferir então.

    abraços

    ResponderEliminar
  21. JORGE: Uma vez mais, posso subscrever-te inteiramente.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões