segunda-feira, 26 de outubro de 2009

As Crónicas de Calcifer (6) - O Caso Imperdoável de IMPERDOÁVEL

As Aventuras de Um Calcifer À Beira de Um Ataque de Nervos

Por vezes, é mesmo muito difícil conseguir comprar um DVD.
Cada um tem as suas histórias, certamente. Eu tenho as minhas e decidi-me a contar-vos esta.
Tomem as seguintes linhas como avisos, conselhos e não vos arrependereis.

Tudo começou quando esta chama de língua afiada se lembrou de que estava mais do que na altura de adquirir o DVD de Imperdoável, o célebre western de Clint Eastwood. Não sei se é pela minha aparência, mas parece que cada vez tenho mais azar. Ou então tenho, definitivamente, a mania da perseguição.
Sabia que havia no mercado português aquela edição da "Colecção Eastwood". Como sou mesquinho com as capas, preferia a outra edição, com a capa mais bonita. E onde encontrei essa raridade? Na W.... E logo comprei!
Cheguei a casa, pus o disco no leitor e qual não é a minha surpresa quando não só não se trata da versão digitalizada, como vendia a capa, mas de uma outra com apenas dois idiomas: alemão e castelhano.

Teria eu que me resignar ao Imperdoável, grande werstern americano, realizado por Clint Eastwood, falado em alemão? Ou em castelhano?

Perante o ridículo da situação, corri para o reembolso. E, seguidamente, para a MM. Nesta nova área comercial apenas havia a versão da Colecção. Aderi, irremediavelmente.
Cheguei a casa, pus o disco no leitor e qual não é a minha surpresa quando não só não se trata, novamente, da versão digitalizada, como da mesma edição bilingue: em alemão e castelhano. História repetida?
Perante o duplo ridículo da situação, corri para o reembolso. Uma vez mais.

Ainda hoje tanto W. como MM. continuam a vender estas edições enganosas e vergonhosas. Não parecem sequer minimamente preocupadas em reclamar o produto às autoridades competentes.

Cuidado meus amigos! Não é que vos sugira o tráfico ilegal via downloads, mudar de nacionalidade também me parece demasiado, mas... não desesperem!

Fui à Fnac, dias depois e por acaso, e encontrei a edição de 2 discos, com a melhor das capas, versão verdadeiramente digitalizada, com legendas em português e até falado em inglês!

Final feliz para uma chama, agora, também feliz. ____________________________________
AS CRÓNICAS DE CALIFER. A ironia, a sátira, o humor. Nota: o conteúdo destas «Crónicas de Calcifer» não expressa, necessariamente, as opiniões e interesses do autor deste blogue.

7 comentários:

  1. Cá pra mim, foi uma mensagem de Deus a sugerir que o filme não fosse comprado, a todo o custo...

    Abraço

    ResponderEliminar
  2. GUSTAVO H.R.: Pois. Fará se te dissesse que até a Fnac também vende a outra ediçãozeca bilingue. Um descuido (prefiro pensar) que, perante as devoluções, exige uma resolução fácil e rápida.

    JACKIE BROWN: Não te conhecia tão temente a Deus ;) No teu caso prefiro pensar apenas que tens uma opinião diferente acerca do filme.

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD – A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que avisas, que estou atrás desse filme da colecção Clint Eastwood que mencionas(e pelos vistos com sorte), ainda não a encontrei.
    Assim, estarei atenta a essa edição de 2 discos na Fnac.
    Obrigado pelo aviso ;)

    ResponderEliminar
  4. Mais um denotável exemplo da eficiência à portuguesa.

    ResponderEliminar
  5. GEMA: Então estás mesmo avisada! lool É que as duas edições de um disco serão, à partida, todas enganosas. A de 2 discos, eu por acaso adquiri na Fnac, é formidável!

    JACKSON: Mesmo! =D

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD – A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  6. Até hoje nunca tive problemas com a Fnac. Será sempre o meu estabelecimento comercial por eleição.

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões