domingo, 7 de setembro de 2008

À PROCURA DA TERRA DO NUNCA (2004)

PONTUAÇÃO: BOM
Título Original: Finding Neverland
Realização: Marc Forster

Principais Actores: Johnny Depp, Kate Winslet, Freddie Highmore, Radha Mitchell, Julie Christie, Dustin Hoffman, Joe Prospero, Kate Maberly, Kelly Macdonald, Paul Whitehorse, Toby Jones, Mackenzie Crook, Eileen Essell

Crítica:

A MAGIA DE ACREDITAR
Just believe.

Um biopic surpreendente e comovedor, com toda a magia e fantasia do mundo de Peter Pan. Johnny
Depp alimenta a sua interpretação do criador do eterno rapaz que não cresce num underacting brilhante. Kate Winslet está fabulosa (como sempre) e Julie Christie e Dustin Hoffman, ainda que em papéis secundários e relativamente curtos, estão formidáveis. Destaque também para a interpretação de Radha Mitchell. Agora Freddie Highmore é um verdadeiro prodígio! Grande desempenho. De resto, À Procura da Terra do Nunca conta com uma banda sonora de alto nível (Jan A. P. Kaczmarek) e com uma mise-en-scène de grande pormenor e profundo sentido estético. Marc Forster, na realização e na posse de um argumento bastante imaginativo e muito bem escrito, revela-se à altura do projecto, aqui e ali com cenas muito bem conseguidas. Enfim, uma delícia subtil e prazerosa sobre as forças de imaginar... e de acreditar.

9 comentários:

  1. Estranho, tendo a concordar genericamente com seus comentários em relação ao filme mas gostei em menor grau. Tem belas cenas, mas não muito mais...

    ResponderEliminar
  2. O filme é lindo, as interpretações excelentes, Depp e Winslet no seu melhor, a história enternecedorea... Mas ficou-me sempre aquele sensação de que...o realizador podia ter investido um pouco mais!

    ResponderEliminar
  3. GUSTAVO H.R.: Não concorda meus comentários ou com a minha avaliação? Talvez com ambas. Nesse caso estaremos evidentemente em desacordo.

    CLAUDIA GAMEIRO: Exacto. Concordo, por isso não lhe dei as 5 estrelas. Falta-lhe o «golpe de asa». ;) Bem-vinda ao CINEROAD. Volta sempre!

    Cumps.
    Roberto Simões
    CINEROAD - A Estrada do Cinema

    ResponderEliminar
  4. Um grande filme! Quando eu o vi alguns anos atrás fui ver meio de "saco cheio", mas o filme me renovou completamente e entrou na minha galeria de filmes preferidos.

    Não conhecia o Cineroad e irei colocar nos meus favoritos no blog!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  5. Genericamente estou de acordo contigo, até a pontuação me parece adequada. Se bem que aqui há uns tempos atrás lhe daria um pouco mais, hoje em dia contudo e tendencialmente desceu um pouco.

    É isso, possui cenários e uma fotografia muito boas, com uma banda sonora e um argumento deveras inspirador e comovedor, que nos chega e muito através das interpretações, em particular de Freddie Highmore.

    A força do argumento e a mensagem atinge o auge no final, sendo uma das razões porque nos impulsiona a considerá-lo tão bom, pelo menos para mim assim foi, contudo com o tempo vai-se deslocando para o seu devido lugar, que infelizmente (e não lhe tirando mérito algum) se situa uns furos abaixo.
    A recomendar acima de tudo, para aqueles que gostam de sonhar e acreditar...somos todos né!

    abraço

    ResponderEliminar
  6. ANDRÉ C.: Ah, fez muito bem! ;) Embora não seja um filme que considere extraordinário e essencial, é óbvio que é um filme repleto de qualidades.

    JORGE: Freddie Highmore. Como eu gosto desse actor. Quanto ao filme estamos de acordo. A propósito desse menino prodígio, não sei se conheces AUGUST RUSH - O SOM DO CORAÇÃO? Em caso afirmativo sugeria que passássemos para a ficha desse filme. É, na minha opinião, uma autêntica delícia, completamente irresistível.

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD - A Estrada do Cinema «

    ResponderEliminar
  7. Conheço o filme, mas ainda não o vi, irei apressar-me então!

    Do actor, e para além deste, acho que só vi The Spiderwick Chronicles e Charlie and the Chocolate Factory, em que faz também bons papéis, mas nada de realçar até porque os personagens e os próprios filmes não pedem mais, enfim...

    abraço

    ResponderEliminar
  8. Não o conheço, mas gosto muito de Johnny Depp, alter ego de Tim Burton e grande actor. Kate Winslet me surpreendeu em "O Leitor". Vou atrás.

    ResponderEliminar
  9. JORGE e ENALDO: O filme, não sendo propriamente magistral, tem as suas virtudes. Recomendo.

    Roberto Simões
    » CINEROAD «

    ResponderEliminar

Comente e participe. O seu testemunho enriquece este encontro de opiniões.

Volte sempre e confira as respostas dadas aos seus comentários.

Obrigado.

CINEROAD ©2017 de Roberto Simões